quinta-feira, 28 de março de 2013

Qual o preço do meu amor!


"EU VOS TENHO AMADO, DIZ O SENHOR. MAS VÓS DIZEIS: EM QUE NOS TEM AMADO?..."      MALAQUIAS 1.2


Essa foi a palavra que Deus disse por intermédio do profeta Malaquias, e a pergunta do povo constantemente era: "em quem nos tem amado?" 
Que pergunta cruel essa...Tem pessoas que não conseguem enxergar o amor de Deus!
Em inúmeras passagens bíblicas vemos Deus afirmando seu amor por nós. João 3.16 é uma delas e em João 15-12, Deus, na pessoa de Jesus afirma o seu amor: " O meu mandamento é este: Que vos ameis uns aos outros, assim como eu vos amei".
Quando a gente ama alguém muitas vezes queremos provas deste amor também. Lembro-me que logo que me converti aos 12 anos de idade, na minha "meninice" eu vivia com aquela sede de conhecer e falar com Deus, algo que nunca deveria acabar em nós, mas eu queria que Deus desse sinais pra mim de seu amor o tempo todo, até que um dia eu pedi um sinal visível e quando eu fui ler a palavra Deus falou comigo "os tolos pedem sinais...". Naquela hora fiquei chocada com essa palavra mas eu pude compreender que o amor de Deus estava a me corrigir e me ensinar. Nunca mais duvidei de seu amor.
Ele não precisa me dar sinais de seu amor porque todos os sinais de seu amor estão latentes pra que todos vejam e em Jesus Ele deu-me a maior prova de seu amor por mim.
Mas, há uma pergunta quer deve estar constante em nossas mentes e não é: "O quanto Ele nos ama?" e sim "O quanto eu o tenho amado?".
Vamos falar então um pouco sobre amor:
Primeiro: o amor está ligado à relacionamento.
Quando amamos alguém queremos estar o tempo todo ao lado dela. A Bíblia conta de um homem que alcançou tal relacionamento com Deus. Enoque era seu nome, "E andou Enoque com Deus; e não se viu mais, porquanto Deus para si o tomou". Gênesis 5.24 Que maravilhoso saber que é possível ter um relacionamento assim tão íntimo e tão sublime com Deus. Jesus veio pra estabelecer esta intimidade com o Pai.
Jesus encontrou esse relacionamento em João "Ora, um de seus discípulos, aquele a quem Jesus amava, estava reclinado no seio de Jesus." João 13.23 Lembre-se de que estar perto não basta, é preciso ter um relacionamento. Jesus tinha muitos discípulos que estavam todo o tempo perto dele mas relacionamento ele só encontrou em um deles, João.
Jesus sabia que podia contar com João porque ele estava ao lado dele em todas as ocasiões fossem elas boas ou ruins. Quando nos casamos e fazemos uma aliança prometemos estar sempre juntos seja na alegria ou na tristeza, na saúde ou na doença e fazemos essa aliança porque é isso que leva o amor a fazermos.
João estava com Jesus momentos antes de ser crucificado Mateus 26.37-40 e na hora da crucificação todos  haviam de alguma maneira fugido, mas João estava lá para amparar a Jesus e à sua mãe João 19.25-27.
Segundo: o amor leva a confiança.
Quando amamos alguém confiamos a ele nossos segredos e no Salmo 25.14 veja o que diz a Palavra: "o segredo do Senhor é com aqueles que o temem, e ele lhes mostrará a sua aliança."
Deus tem buscado um relacionamento assim conosco a ponto dele revelar-nos de Seus segredos.
Você sabe quem Deus escolher para revelar seus grandes segredos para o fim dos tempos escritos no livro de Apocalipse?  A João seu amado.
Você tem falado dos seus segredos ao Senhor ou eles não podem ser contados. Quanto o Senhor tem revelado de sua intimidade ou de Seus segredos à você!
Terceiro: o amor leva a alianças.
Quando amamos alguém esse amor nos leva a fazer alianças, afinal é isso que nos leva até ao altar.
Em I Samuel 18.3-4 fala de uma amizade de amor tão profundo entre Davi e Jônatas que os levou a fazerem uma aliança que jamais poderia ser quebrada. 
Fazer aliança no passado era algo muito sério e era o laço mais forte conhecido pelos homens. 
Jesus é a aliança de Deus conosco que jamais pode ser quebrada.
Quando se faz alianças se fazem acordos que devem ser cumprido por ambas as partes.
Jesus cumpriu sua parte da aliança, sua parte no acordo. Em Mateus 28.20 Ele promete estar conosco sempre, em todos os momentos sejam felizes ou ruins.
Ele deu também sua maior prova de amor nesta aliança como já vimos em João 15.13. Mas, qual é a nossa parte nesta aliança? Como provar que eu o amo? João 14.15 diz: "Se me amardes guardareis os meus mandamentos".
Essa é a maior prova que podemos oferecer a Deus para mostrar o quanto vale nosso amor: obediência aos seus ensinos.
Como fazer isso? Leia 1 João 4.19-21 "Nós o amamos porque Ele nos amou primeiro. Se alguém diz: Eu amo a Deus, e odeia a seu irmão, é mentiroso. Pois quem não ama a seu irmão, ao qual viu, como pode amar a Deus, a quem não viu? E dele temos este mandamento: que quem ama a Deus, ame também a seu irmão.'
Palavra forte essa não ser chamado de mentiroso por não amar o meu próximo. Mas é assim que Deus age. Seus amor se prova em amar os outros. Quando amamos a Deus e ao próximo os outros mandamentos são cumpridos automaticamente pois são movido pelo amor.
Talvez você esteja pensando: É impossível viver esse amor porque eu já quebrei essa aliança há muito tempo.
Nunca é tarde para se arrepender e renovar a aliança com o Senhor. Peça ao Espírito Santo que o ajude a viver verdadeiramente a Palavra de Deus. Peça que Ele desperte em ti o desejo pela presença do Senhor e o desejo de vencer suas próprias vontades carnais e obedecer Sua Palavra.
O Espírito Santo é parte desta Aliança de amor de Deus, Ele é o nosso Ajudador.
Enquanto você faz essa oração quero sugerir que você ouça o louvor: Ele me ama - Ministério Livres para Adorar e você verá o quanto Deus vai falar contigo.
Deus te abençoe!

quinta-feira, 3 de junho de 2010

O Poder da Fé

"E Jesus respondendo disse-lhes: Tende fé em Deus, porque em verdade vos digo que qualquer que disser a este monte: Ergue-te e lança-te no mar, e não duvidar em seu coração, mas crer que se fará aquilo que diz, tudo o que disser lhe será feito. Por isso, vos digo que tudo o que pedirdes, orando, crede que o recebereis e tê-lo-eis." Marcos 11. 22-24

Eis aí um episódio que chamou muito a atenção dos discípulos de Jesus. Nos versos anteriores ao acima citado, Jesus amaldiçoa uma figueira e ela seca-se totalmente causando espanto aos seus seguidores.
Eis que eles estavam sempre perto do Mestre, vendo ele realizar maravilhas e sendo apenas espectadores, porém, Jesus lhes dá um desafio: usar a fé!
Isto deve tê-los intrigado, porque segundo a Palavra de Deus, fé era algo que eles ainda não compreendiam. Se você ler Mateus 17. 19-20 e Mateus 8.26 verá que constantemente Jesus os repreendia pela sua pequenina fé. Isto talvez tenha incomodado eles ao ponto deles mesmos pedirem a Jesus em Lucas 17. 5, "...Acrescenta-nos a fé."
A fé é o instrumento pelo qual Deus nos faz vencedores por meio de Cristo Jesus.
Todas as vezes que Jesus realizava um milagre na vida daqueles que o buscavam ele dizia: A tua fé te salvou, confira isto em Mateus 8.13, 9.29, Marcos 5.34 e Lucas 17.19, 18.42.
O segredo era que eles sabiam que aquele a quem buscavam era poderoso o suficiente para lhes resolver os problemas, dando total crédito a Jesus, "Ora, sem fé é impossível agradar-lhe, porque é necessário que aquele que se aproxima de Deus creia que ele existe e que é galardoador dos que os buscam." Hebreus 11.6
Veja também que o contrário disto, nos leva a uma vida de naufrágios: Pedro ao ver Jesus andar sobre as águas quis fazer o mesmo, mas sua incredulidade o fez afundar ( Mateus 14. 22-31), no livro de Tiago 1. 5-7, diz que o que duvida é igual a onda do mar, levada pelo vento de um lado para o outro, e ainda adverte que o tal "duvidoso", não receberá coisa alguma.
Sim, a dúvida e a incredulidade são as maiores inimigas da fé.
Porém, quando reconhecemos que não temos fé suficiente, e às vezes chegamos a ser até incrédulos, ainda há uma esperança.
Em Marcos 9.17-24 um homem chega a Jesus levando seu filho com espírito mudo, e os discípulos não puderam expulsar os demônios. Jesus chamou os que ali estavam de "geração incrédula" e aquele pai sofrido, reconheceu que ele também fazia parte daquela geração e chorando pediu a Jesus que o ajudasse em sua incredulidade, sendo atendido em seu pedido.
A fé é arma de defesa: "tomando sobretudo o escudo da fé, com a qual podeis apagar todos os dardos inflamados do maligno." Efésios 6.16
A fé é prova de confiança: "cheguemo-nos com verdadeiro coração , em inteira certeza de fé; tendo o coração purificado da má consciência e o corpo lavado com água limpa." Hebreus 10.122
A fé luta contra todas as circunstâncias: "Ora a fé é o firme fundamento das coisas que se esperam e a prova das coisas que se não vêem." Hebreus 11.1
Jesus comparou a fé ao grão de mostarda, que é a menor de todas as sementes, mas crescendo é a maior das plantas, e se torna uma árvore, de sorte que vêem as aves do céu e se aninham em seus ramos. Assim também, quando nossa fé é regada, cuidada e exercitada, ela aumenta e não somente se transforma em bênçãos para nós, como serve para os que estão ao nosso redor.
Finalizando pensemos: De onde vem a fé?
"De sorte que a fé vem pelo ouvir, e o ouvir pela palavra de Deus." Romanos 10.17

Conheça a Palavra de Deus, medite sobre os grandes homens e mulheres de fé ali contidos para que você possa tomar posse de tudo o que Deus tem pra você...


sexta-feira, 16 de abril de 2010

O Deus que me vê!

Salmo 139

Nós, seres humanos, temos uma grande necessidade de viver em grupos ou mesmo ter alguém com quem contar. Ninguém consegue viver sozinho! Essa realidade porém, não é fruto da modernidade, isto já vem desde o início, quando Deus criou Adão. Deus olhou para ele e disse:" não é bom que o homem esteja só."
Nós já nascemos com a necessidade de ter alguém, de se sentir cuidado, amado, protegido, e Deus colocou isto dentro de nós, porque esta necessidade aponta para Ele, o único capaz de suprir toda a nossa necessidade.
Porém, desde que o mundo é mundo, Satanás tem trabalhado para apresentar ao homem um Deus que está distante, que Sua majestade e glória são intocáveis e que somos insignificantes demais para que Ele se importe conosco.
Quantas vezes ouvimos pessoas dizerem:"Ah! Este mundo é tão grande e Deus tem tantos problemas para resolver do que se importar comigo!" Quantas vezes você já se sentiu rodeado por pessoas, mas, mesmo assim, se sentiu só?
Porém a Palavra de Deus nos mostra um Deus totalmente diferente, um Deus pessoal, que está com sua criação onde e em qualquer situação que se encontrar, um Deus que passeia no meio de seu povo, cujos olhos estão sobre mim e você e que cada gesto ou palavra não passa despercebido por Ele. Um Deus que nos conhece e nos chama pelo nome.

"Senhor, tu me sondas e me conheces.
Tu conheces o meu assentar e o meu levantar; de longe entendes o meu pensamento.
Cercas o meu andar e o meu deitar; e conheces todos os meus caminhos.
Sem que haja uma palavra na minha língua, eis que, ó Senhor, tudo conheces."
Salmo 139. 1-4

Satanás na sua astúcia tem invertido os papéis fazendo-nos acreditar muitas vezes, que Deus virou as costas para nós, quando somos nós quem viramos as costas para Deus.
Nos versos 23 e 24 do Salmo 139, Davi suplica a Deus que examine e prove os seus caminhos e a pergunta que eu faço é: Que caminhos tem me afastado de Deus? Que pensamentos tem ofuscado a presença de Deus em minha vida?
Muitas vezes andamos por lugares e fazemos coisas que nos levam a nem ter coragem de perguntar a Jesus: "Senhor, em meu lugar tu escolherias estar aqui fazendo o que estou fazendo?".
Deus conhece meu falar antes mesmo que as palavras saiam de minha boca, então que tipo de palavras eu tenho falado? Palavras que abençoam e edificam ou palavras que amaldiçoam e destroem?
Quais são os meus primeiros pensamentos ao levantar-me pela manhã?

"E quão preciosos são para mim, ó Deus, os teus pensamento! Quão grande é a soma deles!
Se os contasse, seriam em maior número do que a areia; quando acordo,
ainda estou contigo."
Salmo 139. 17, 18


Será que tenho me importado em conhecer os pensamentos de Deus e a vontade Dele para minha vida? Muitas vezes até perguntamos, mas poucos são os que esperam uma resposta de Deus, ou então, quando a resposta vem e não é conforme esperamos, fingimos que não entendemos.
Quanto as tuas decisões tem te afastado de Deus?

"Para onde me irei do teu Espírito ou para onde fugirei da tua face?"
Salmo 139.7

No final deste Salmo, Davi diz: "Vê se há em mim algum caminho mal e guia-me pelo caminho eterno.
Ainda há tempo! Devemos buscar a Deus e a sua vontade enquanto o podemos achar, e que o Espírito do Senhor nos ajude a voltar ao caminho eterno!


sábado, 24 de outubro de 2009

Compreendendo as coisas que são de Deus

"...Isto diz o Espírito Santo: Assim ligarão os judeus, em Jerusalém, o varão de quem é esta cinta e o entregarão nas mãos dos gentios.
...Faça-se a vontade do Senhor!" Atos 21.11 e 14

Quando conhecemos o evangelho e começamos a trilhar pelas veredas do Senhor, nossa tendência é sempre pensar no lado bom e nos privilégios que esse caminho nos trará, afinal de contas ninguém quer saber de coisas ruins. Mas, o que precisamos entender é que o bom ou ruim na ótica de Deus é bem diferente no nosso conceito. ( Isaías 55.8 )
O apóstolo Paulo recebeu uma profecia dura e as pessoas que estavam ao lado dele viram aquilo como algo ruim e aconselharam Paulo a evitá-lo, mas para a surpresa de todos, Paulo não via as coisas como eles viam. Paulo olhava todas as situações com o olhar de Deus.
Os discípulos de Jesus também não conseguiam entender porque o sofrer...porque as lutas?Eles não não conseguiam imaginar que o Cristo, o Filho de Deus, pudesse padecer algum mal, eles não entendiam os planos de Deus, e quem é que pode entender?
Cada luta, cada sofrimento, cada renúncia nossa tem um propósito.
Seguir nesse caminho muitas vezes pode nos trazer inimizades (Mateus 10.34-36); renúncias (Mateus 16.24); posso perder regalias (Mateus 8.20); posso ser caluniado e perseguido ( Mateus 10.24-25).
Paulo conseguia ver naquela notícia, que aos outros parecia ruim uma oportunidade de levar a Palavra de Deus, porque para ele este mundo era só uma passagem, e o que mais lhe importava era fazer a vontade de Deus. Alí na prisão em Jerusalém ele pode pregar a todos os judeus e também às autoridades.
Jesus quando olhou para a cruz não viu nela o sofrimento, ele viu a minha e a tua redenção e isso era mais importante que aquela dor e humilhação que ele passaria. Aquele momento da crucificação para muitos que o viam pensavam ter sido uma grande derrota, mas só Jesus sabia o tamanho da vitória que ele estava conquistando para nós. Fazer a vontade de Deus era muito melhor.
Temos que estar preparados em todos os momentos e aproveitar cada um deles para fazer a vontade de Deus, mesmo em meio a tormenta.
Que Deus nos dê olhos como os Dele para compreender a Sua vontade!


segunda-feira, 19 de outubro de 2009

Único Caminho


"Há caminho que ao homem parece direito, mas o fim dele são os caminhos da morte" Provérbios 14.12

Dizem que há muitos caminhos que nos levam a Deus e cada um busca o caminho que seja para ele mais cômodo para conduzi-lo a Deus.
Porém a Bíblia mostra totalmente o contrário.
Só há um caminho que nos leva a Deus: "Disse-lhe Jesus: Eu sou o caminho, e a verdade, e a vida. Ninguém vem ao Pai senão por mim." João 14.6; só há uma porta que conduz a Salvação: "Eu sou a porta; se alguém entrar por mim, salvar-se-á, e entrará, e sairá, e achará pastagens." João 10.9
O conceito que as pessoas tem a respeito da verdade está em muito deturpado. Existem tantas filosofias, tantas religiões, tantas verdades e há ainda aqueles que acreditam fielmente que a verdade seja "relativa", ou seja, o que é verdade para mim, pode não ser verdade para você, mas ouça bem!
O que é verdade? Verdade é aquilo que realmente é real, independente do ponto de vista.
O que eu venha a pensar que seja uma verdade para mim, não irá mudar em nada a verdade absoluta que é Cristo Jesus, pois Ele é a Verdade.
Veja um exemplo prático do que eu estou falando.
Lei da Gravidade: Issac Newton descobriu uma verdade absoluta de que todas as coisas são atraídas pela Terra, então, se dois homens subirem ao último andar de um prédio e um deles acreditar na verdade explicada por Issac e não pular do prédio, para sua salvação ele fará, porém se o outro acreditar que Issac estava errado e pular do prédio, por não acreditar nesta verdade, seu fim será inevitavelmente a morte, independente do que ele acreditava ou não, porque a Lei da Gravidade é uma realidade.
A verdade é imutável e não adianta ao homem buscar outras verdades além de Jesus Cristo, porque ao se deparar com o juízo de Deus, sua verdade não prevalecerá, a não ser que sua vida esteja segura na única verdade que liberta: "e conhecereis a verdade, e a verdade vos libertará." João 8.32.
Nesse caminho que conduz a Deus, Jesus é a única verdade que liberta.
Por fim, Jesus nos diz que Ele é a vida.
Na nossa condição de pecadores diante de Deus, somos como mortos e somente mediante Jesus podemos ter vida e passar da condição de mortos para vivos: " Na verdade, na verdade vos digo que quem ouve a minha palavra e crê naquele que me enviou tem a vida eterna e não entrará em condenação, mas passou da morte para a vida. Em verdade, em verdade vos digo que vem a hora, e agora é, em que os mortos ouvirão a voz do Filho de Deus, e os que a ouvirem viverão. Porque, como o Pai tem a vida em si mesmo, assim deu também ao Filho ter a vida em si mesmo." joão 5.24-26

Se ao ler esta mensagem você descobriu que ainda não está neste caminho repita esta oração:
Meu Deus, tenho andado por muitos caminhos a Tua procura
mas agora sei que só há uma verdade
e só há uma caminho que pode me levar a Ti
Sei que só posso ir ao Senhor através de Jesus, que padeceu em meu lugar
por isso, quero entregar minha vida a Jesus e creio ser Ele meu único Salvador
Amém!!
Que Deus te abençoe neste caminho!



domingo, 4 de outubro de 2009

Para onde vão os mentirosos?


Quem é que nunca contou uma mentirinha, pequenina que fosse, na vida?
Talvez a primeira reação ao ler o título desta postagem é imediatamente responder que os mentirosos vão todos para Brasília!
Mas, afinal de contas a que mentirosos, ou a qual mentira a Palavra de Deus se refere neste texto?

"Mas, quanto aos tímidos, e aos incrédulos, e aos abomináveis, e aos homicídas, e aos fornicários e a todos os mentirosos, a sua parte será no lago de fogo e enxofre, o que é a segunda morte." Apocalipse 21.8

A mentira é a arma de Satanás e Jesus nomeia ele como sendo o Pai da Mentira.
Sabemos que todos tropeçam na mentira e há até relatos bíblicos de servos de Deus que mentiram, porém a mentira não deve fazer parte da vida de um cristão autêntico, mas não é ese tipo de mentira que estamos falando.
A mentira abominável que leva ao inferno é a hipocrisia.
Segundo o dicionário Wikipédia, a hipocrisia é o ato de fingir ter crenças, virtudes e sentimentos que a pessoa na verdade não possui. A palavra deriva do latim hypocrisis e do grego hupokrisis ambos significando a representação de um ator, atuação, fingimento (no sentido artístico). Essa palavra passou, mais tarde, a designar moralmente pessoas que representam, que fingem comportamentos.
A hipocrisia foi muito combatida por Jesus em seu ministério terreno porque para Deus não existem máscaras ou fingimento, todas elas caem diante da presença de Deus.
No episódio bíblico onde Jesus amaldiçoa a figueira ( Mateus 21.18-20 ), os discípulos ficaram sem entender o porque da atitude de Jesus secando aquela árvore, porém Jesus estava lhes ensinando que não basta ter aparência de frutos, tem que dar frutos.
Para os homens é fácil enganar com boas atitudes, mas só Deus conhece as intenções do coração.
Jesus se entristecia muito ao ver como os religiosos de sua época escondiam-se por traz de suas capas de religiosidade e de tradições, porém suas vidas nada tinha a ver com Deus e o seu Reino.
Não é diferente hoje, muitos se escondem por traz de religiões, e dizem até, Senhor, Senhor! Porém não entrarão no Reino dos céus, pois sua vida toda foi farta de mentira.
Mentiram aceitar a Jesus e seu Reino, pois aquele que o ama guarda os seus mandamentos. Fingiram amar a Deus, pois aquele que não ama a seu irmão não pode amar a Deus.
No Dia do Juízo creio que teremos muitas surpresas, porque haverá muita gente naquele dia que poderíamos jurar que estariam no céu e não estarão, enquanto outros que jamais imaginaríamos estarão lá junto aos salvos.
"...porque muito são chamados, mas poucos, escolhidos". Mateus 20.16
Para onde você vai? Isso só você e Deus podem responder.